terça-feira, 8 de agosto de 2017

Escato-Poemx e outrxs de Fernando Selmer


Anatomia


Quem vive
tem pereba
se quebra
se estrepa
e toma no canudinho só pra variar

Quem vive
defeca
peida e arrota
faz meleca
depois se embrenha de secreção

Quem vive tem micose
frieira e chulé
tem unha encravada
e cascão na sola do pé
Quem vive envelhece
vira maracujá
toma remédio depois toma naquele lugar

Quem vive
tem bactéria
vírus
e sequela
um corpo estranho
entre as pernas pra se coçar

Quem vive
tem caspa
seborreia
e o escambau
tem piolho e lêndea
tem chato na cabeça do berimbau

Quem vive tem nojinho
quer vomitar?!
suja o anus
e fede peixe
nas partes genitais

Quem vive
vive tentando se limpar
pra não ser escroto
pra não perder a vez no salão de beleza 
como pretexto pra não se matar



| POEMA VISUAL - Selmer |





|





Dois poemas na voz do autor - integrantes do audiolivro "Nunca Foi Selvagem: Escarigrafias" (2016), com montagem e efeitos sonoros de Rodrigo Roman.











Fernando Selmer é poeta, performer, artista visual e baixista da banda Submarino Quântico (Ouça EP da Banda). Desenvolve pesquisa com estamparia em camisetas e outros objetos artísticos - confira em Ateliê Selmer: http://www.atelierselmer.com.br/

Nenhum comentário: